Publicado em Falhas de memória, Funcionamento da memória, Indicações

O DNA da justiça, o Innocence Project e os testemunhos

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Hoje venho aqui para te indicar uma minissérie 🎬  estadunidense 🇺🇸 mostra e discute crimes reais que resultaram em condenações de inocentes. No Brasil 🇧🇷, a minissérie foi para o streaming  (você consegue encontrar no Netflix 😉) no ano passado com o nome de “O DNA da Justiça” e nos EUA como “The Innocence Files”. Ela e se baseia no trabalho da organização estadunidense Innocence Project, fundada em 1992, que atua na tentativa de exonerar cidadãos inocentes que foram  condenados injustamente. Para tanto, a organização faz uso, dentre outras técnicas e procedimentos, de testagens de DNA 🧬 e, também, defende reformas no sistema de justiça criminal de forma a prevenir futuras injustiças ⚖.

A minissérie tem 9 episódios e, a temática da memória e do testemunho está presente em todos os episódios já que os sistemas de justiça criminal fazem grade uso de evidências testemunhais. Especificamente, destaco os episódios 4 – Testemunha: O assassinato de Donald Sarpy; 5 – Testemunha: Os julgamentos de Franky Carrillo; 6 – Testemunha: Construindo lembranças e; 7 – Promotoria: Lugar errado, hora errada; em que a temática é abordada em maior profundidade. Logo, logo iniciaremos uma série de postagens sobre a questão do testemunho e da memória. Então, esses episódios podem servir como uma boa introdução 😉 Você pode ver o trailer da minissérie logo abaixo:

No Brasil 🇧🇷, desde dezembro 2016, existe uma associação sem fins lucrativos (O Innocene Project Brasil) que integra a Innocence Network. Conforme a associação, a missão deles é “buscar reverter condenações de inocentes pela Justiça brasileira” e “provocar o debate sobre as causas desse fenômeno e propor soluções para prevenir a sua ocorrência”.

Espero que iniciativas do tipo tenham sucesso e que os sistemas de justiça criminal sejam reformados de forma a evitar condenações de inocentes ⚖. O custo social de condenar o inocente e deixar o verdadeiro culpado solto é grande, especialmente em casos de crimes hediondos‼ Além disso, a pessoa inocente condenada injustamente têm sua vida, a dos familiares e amigos próximos destruída com toda a injustiça ☹. Pense nisso…

Por hoje é só pessoal! Voltamos em breve! Você pode acessar a página da série no Netflix utilizando o link disponibilizado nas referências. Além disso, por lá você consegue acessar os sites do Innocence Project e O Innocence Project Brasil. 😉

Até breve 👋


Referências:

O DNA da justiça. Disponível em: https://www.netflix.com/br/title/80214563

Innocence Project. Disponível em: https://innocenceproject.org/

Innocence Project Brasil. Disponível em: https://www.innocencebrasil.org/

Autor:

Comecei a pesquisar sobre memória desde os primeiros períodos da minha graduação em Psicologia na UFMG e sigo pesquisando sobre tanto dentro da Psicologia/Neurociências e, eventualmente, da Literatura. Sou bacharel em psicologia pela UFMG, especialista em saúde mental e atenção psicossocial pela Estácio e, mestrando em neurociências pela UFMG. Fiz um período de intercâmbio no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). E agora, também, escrevo sobre memória no nosso blog ;)

Deixe um comentário ;)