Publicado em Sono e memória

Sono e memória? Qual a relação?

Todos nós passamos uma boa parte de nossas vidas dormindo, já reparou? 🤔 Não sem motivos várias pesquisas tem tentado entender o papel do sono e por que temos a necessidade de dormir tanto.😴 Você sabia que os cientistas começaram a reconhecer os benefícios do sono para memórias declarativas já a aproximadamente um século? 🤓

Uma área de pesquisa que tem crescido, em especial nos últimos anos, e que pode nos levar a entender melhor o papel do sono é a que investiga a sua relação com as memórias. 📝 Será possível que o sono nos ajude a memorizar melhor? 🤔 Será possível que ele nos ajude a esquecer coisas que devemos esquecer?🤔

Foto por Lisa Fotios em Pexels.com

As pesquisas têm demonstrado que o sono auxilia diversos tipos de memória, sejam elas declarativas (as que conseguimos contar com palavras) ou não-declarativas (não conseguimos contar com palavras, por exemplo aprendizados motores) e que ele possui um papel crucial na consolidação dessas memórias. Enquanto você dorme, seu cérebro está ocupado reativando e estabilizando memórias importantes em locais de armazenamento apropriados. Incrível, não é mesmo? 😎

Várias pesquisas também têm destacado o papel do sono para o esquecimento. 😱 Embora muitos talvez possam pensar que esquecer é algo ruim, o esquecimento tem papel fundamental, principalmente, para a superação de episódios traumáticos. 🤯 O esquecimento pode resultar de interferência ou decaimento, mas também é possível que o cérebro ‘marque’ as informações para processamento preferencial durante o sono, aprimorando algumas memórias e permitindo que outras pessoas desapareçam. 😲Pesquisas também têm demonstrado que certos aspectos das experiências emocionais , também, podem ser marcados para o esquecimento preferencial durante o sono, reduzindo gradualmente a resposta afetiva a um evento traumático (por exemplo). 😌

Ainda temos muito a aprender sobre os mecanismos de consolidação do sono e da memória e ainda temos muitas pesquisas para realizarmos, mas você pode aprender um pouco mais lendo o artigo de revisão citado nas referências bibliográficas. 😉

Até breve 👋


Referências bibliográficas:

CHAMBERS, Alexis M. TheCHAMBERS, Alexis M. The role of sleep in cognitive processing: focusing on memory consolidation. Wiley Interdisciplinary Reviews: Cognitive Science, 2017, 8.3: e1433.

Autor:

Comecei a pesquisar sobre memória desde os primeiros períodos da minha graduação em Psicologia na UFMG e sigo pesquisando sobre tanto dentro da Psicologia/Neurociências e, eventualmente, da Literatura. Sou bacharel em psicologia pela UFMG, especialista em saúde mental e atenção psicossocial pela Estácio e, mestrando em neurociências pela UFMG. Fiz um período de intercâmbio no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). E agora, também, escrevo sobre memória no nosso blog ;)

Deixe um comentário ;)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.